6 – A Iluminação

 

A iluminaçãoimage

 

Entender e dominar a luz é um dos maiores desafios de um fotógrafo iniciante. Até mesmo fotógrafos profissionais às vezes encontram dificuldades em certas condições. Em fotografia, a luz é tudo. A própria palavra, que deriva de dois vocábulos gregos, significa “escrever com a luz”.

Confira a seguir alguns tipos de iluminação e suas características:

 

 

A luz natural

A luz natural é proporcionada pelo sol, que pode incidir diretamente ou indiretamente sobre o assunto. O aspecto da luz solar pode variar de acordo o horário e o tempo, resultando nos mais diversos aspectos à sua fotografia. Ao amanhecer, por exemplo, provoca tons quentes, com cores avermelhadas ou alaranjadas que são muito agradáveis para paisagens. A intensidade da luz logo pela manhã e à tarde é mais fraca, e produz imagens  com boa definição e detalhes definidos, sem exagerar no contraste.

 

Nestes horários, a luz incide de forma lateral, iluminando diretamente os objetos fotografados e criaimagendo sombras que dão volume e realçam as formas dos elementos da fotografia. No pôr-do-sol, observe com paciência todas as variações de tonalidades e cores que vão ocorrendo e aproveite, pois são momentos em que podemos conseguir belas imagens!

 

 

 

 

Luz dura e luz suave

Nas primeiras horas da manhã e à tarde a luz é mais suave, ou seja, mais fraca, como também direcionada. A iluminação durante o resto do dia temimageintensidade mais forte, produz imagens com sombras densas e também causa o efeito de “estourar” a imagem, em que áreas mais claras da foto perdem totalmente a definição e ficam totalmente brancas. Este tipo de iluminação é chamada de luz dura.

Uma boa solução quando precisamos fotografar uma pessoa ao ar livre é colocá-la embaixo de uma sombra. Você pode utilizar uma árvore ou qualquer outro local onde a luz não incide diretamente, pois neles a iluminação é mais suave, produzida por raios solares indiretos. As imagens obtidas com esta iluminação têm boa definição e realçam os contornos e detalhes do personagem, como na foto ao lado.

Dias nublados também nos fornecem luz suave. As nuvens funcionam como um difusor, suavizando os raios solares e tornando a luz mais fraca.

 

 

A Luz artificial

Além da luz natural, podemos usar outras fontes para iluminar nossas fotografias. Na maioria das vezes, usamos uma luz artificial quando a luz natural não é suficiente para iluminar a cena fotografada, como dentro de um ambiente fechado, ou em cenas noturnas.

image A fonte de luz artificial mais usada é o flash eletrônico. Atualmente, todas as câmeras amadoras e semi-profissionais já tem um embutido no corpo da câmera, e funciona de maneira automática. Qualquer outra fonte de luz pode ser usada para iluminar uma cena a ser fotografada, como um holofote, lâmpadas, velas… São as chamadas “fontes de luz contínua”.

 

 

Cor da luz

Um detalhe importante que deve-se observar quando se usa iluminação artificial é a temperatura de cor. Ela é medida em graus Kelvin e indica. A luz do meio-dia, com temperatura de 5500º Kelvin, é a que mais se imageaproxima da luz branca.

Fontes de luz com temperaturas mais baixas, como um holofote em uma peça de teatro, uma lâmpada incandescente, ou uma vela, têm temperatura de cor de 4000º Kelvin, que produz luzes amareladas, tons “quentes”. Por outro lado, a luz “fria” tem temperatura maiores, de aproximadamente 8000º Kelvin, produzindo tons azulados.

 

 

Compreendendo o balanço de brancos

O balanço de brancos é um aspecto da fotografia que muitos fotógrafos amadores não entendem ou não usam, mas é algo que vale a pena aprender por ter um forte impacto sobre as fotografias.

O balanço de brancos remove as cores não reais, tornando brancos os objetos que aparentam ser brancos para nossos olhos. Talvez você já tenha percebido tirando fotos que, algumas vezes, as imagens ficam com um tom laranja, azul, amarelo… Isto se deve às diferentes “temperaturas de cor” das fontes de luz. Ao contrário de nós, que podemos julgar o que é branco em diferentes situações de luz, as câmeras digitais encontram grande dificuldade ao fazê-lo usando o ajuste de brancos automático, ou AWB (Auto White Balance). Então, devemos “dizer” a ela como tratar diferentes tipos de luz. Compreendendo o balanço de brancos, você poderá evitar que suas fotos sejam arruinadas pela aparição de tons indesejados.

 

 

Ajustando o balanço de brancos

A maioria das câmeras digitais possuem modos automáticos e semi-automáticos que podem ajudá-lo a fazer os ajustes, além do modo manual.

image

Dentre os ajustes semi-automáticos, alguns modos pré-configurados podem ser selecionados:

Na maioria dos casos, você pode obter resultados precisos usando os modos pré-configurados, mas algumas câmeras permitem o ajuste manual também. Na função manual, você “diz” para a câmera o que é a cor branca, então ela terá uma referência para decidir como as outras cores vão ser. Para isto, você pode comprar um cartão branco (ou cinza) especialmente feito para esta tarefa, ou usar algum outro objeto branco. Então, deve-se enquadrá-lo, preenchendo toda a área da fotografia, e utilizar a função da câmera para analisar o objeto (se você não sabe onde encontrar esta função, tente achar no manual ou encontrar no menu de sua câmera, pois isto varia de um modelo para outro.

imageimageimage

Na primeira, foi utilizado um balanço de brancos automático (AWB), resultando em uma tonalidade amarelada. Após segurar algum objeto branco e “dizer” o que é a cor branca para a câmera, ela gerou uma foto com cores mais próximas das reais, melhorando consideravelmente a qualidade final.

image

Este ajuste manual é muito simples de ser executado, uma vez que você saiba onde encontrá-lo no menu de sua câmera, e pode evitar que sua foto seja arruinada!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s