Novas objetivas Canon …

Novas objetivas Canon …

 

Recentemente a Canon lançou atualizações de 3 objetivas de bastante sucesso, 24-70mm, 24mm e 28mm, todas com possibilidade de serem usadas em câmeras Full Frame. As mudanças não foram poucas: A construção interna das 3 possui mais elementos ópticos, houve mudança no diâmetro do filtro, no peso, acréscimo de estabilizador, entre outras coisas. O problema é que o preço de todas elas ficou muito alto, é hora de correr para comprar as antigas.
Canon EF 24mm/Divulgação
Canon EF 24mm f/2.8 IS USM possui 11 elementos em 9 grupos; abertura mínima f/22; diafragma de 7 lâminas; estabilizador de imagem; distância mínima de foco de 20cm; focagem interna; diâmetro de filtro de 58mm; mede 5.6cm e pesa 280 gramas. Seu preço inicial no exterior será de 850 dólares a partir de junho.
Canon EF 28mm/Divulgação
Canon EF 28mm f/2.8 IS USM possui 9 elementos em 7 grupos; abertura mínima f/22; diafragma de 7 lâminas; estabilizador de imagem; distância mínima de foco de 23cm; focagem interna; diâmetro de filtro de 58mm; mede 5.2cm e pesa 260 gramas. Seu preço inicial no exterior será de 800 dólares a partir de junho.
Canon EF 24-70mm/Divulgação
Canon EF 24-70mm f/2.8L II USM possui 18 elementos em 13 grupos; abertura mínima f/22; diafragma de 9 lâminas; distância mínima de foco de 38cm; focagem interna; diâmetro de filtro de 82mm; mede 11.3cm e pesa 805 gramas. Seu preço inicial no exterior será de 2.300 dólares e já está disponível para pré-venda.

A lente do Kit

 

“A lente do Kit”

Olá Pessoal! depois algum tempo sem postar, hora de abordarmos um assunto pouco falado por aí afora. Muitos artigos falam sobre as vantagens da compra de uma câmera DSLR, porém poucos avisam que esse é apenas o inicio de uma série de gastos, principalmente para aqueles que tendem a seguir carreira na fotografia. Com o intuito de ajudar aqueles que estão ou passarão futuramente por esse “drama”, esse artigo falará um pouco sobre a famosa “Lente do Kit 18-55mm”. Muitas coisas são possíveis com essa pequena peça, que vai ajudar você a se descobrir, a entender melhor sua câmera nova. Diversas são as perspectivas para essa lente, que por incrível que pareça, é muito mais útil do que parece e muito mais subestimada do que deveria.

A lente

Conhecida como “lente do kit” a 18-55mm é quase unanimidade nas câmeras DSLR atuais, sejam elas mais simples ou mais sofisticadas. Pode ser classificada como uma grande-angular/zoom. Zoom esse equivalente a 3x numa câmera de bolso por exemplo. Alguns modelos vêm com estabilizador de imagem, que é ótimo para as pessoas que ainda estão se acostumando o peso na nova câmera, pois assim a tendencia de uma foto sair tremida por balançar a câmera na hora do aperto do botão é menor. Seu foco automático é rápido na maioria das vezes, pois como não chega a grandes distancias, mesmo no foco manual não é difícil fotografar em situações que exigem um pouco mais de destreza.

No dia-a-dia

Ótima! Uma boa opção para ser deixada sempre em sua câmera, visto que não a deixa robusta como seria com uma tele-objetiva por exemplo. Com a lente do kit você estará apto a registrar qualquer coisa a qualquer hora do dia, inclusive levando ela consigo para onde for.

1 lente Bolo

Foto: Alex Teixeira / Lente 18-55mm

Retratos

Complementando a opção acima, essa lente é ótima pra retratos. Apenas evite usá-la em 18-mm prefira sempre manter o zoom entre 35mm e 50mm afim de evitar a deformação do rosto da pessoa, pela grande angular da câmera. Procure brincar com os parentes e animais domésticos treinando principalmente usar o foco manual.

1 lente IMG_4319b

Foto: Alex Teixeira / Lente 18-55mm

Esportes

Esqueça. Aqui é um nicho onde com essa lente você irá apenas “registrar” mas não “participar” do evento em si. Fotografia de esportes em geral é preciso estar dentro do ocorrido mesmo sem estar. Tele-objetivas são essenciais para uma cobertura com mais qualidade e a lente do kit nesse caso, fica muito atrás.

Natureza

Nesse nicho irá variar um pouco, você quer paisagens? Nesse caso a lente do kit não vai te deixar não mão, visto que você precisa de amplitude e nitidez, com essa lente terá ótimas imagens, mas…Se o que quer é, fotografar pássaros selvagens dentre outros animais silvestres, você também precisara de uma tele-objetiva, pois aqui a distancia será fundamental para não afugentar os bichinhos e garantir uma boa foto.

Efeito Bokeh

Aquele efeito de segundo plano completamente desfocado, é possível ser feito com louvor com a lente do kit, será preciso apenas um pouco mais de atenção, levando em consideração que a abertura da lente 18-55m do kit é de apenas 3.5~5.6, comparadas as lentes de 50mm 1.4 ou 1.8 mais comumente usadas para alcançarem esse efeito de desfoque. O imprescindível nesse caso é buscar um angulo onde o primeiro plano tem uma cor diferente do segundo plano.

1 lente AtibaiaNovembro_2011015

Foto: Alex Teixeira / Lente 18-55mm

Eventos festivos
Em aniversários ou casamentos, a unanimidade dos fotógrafos que fazem esse tipo de cobertura é uma lente de 24-70mm com abertura de f/2.8. Mas a lente do kit ganha quando é necessario uma amplitude maior de captação da cena. Os noivos no altar ou a hora do parabéns, são aqueles momentos onde é preciso ter uma cobertura maior do que acontece ao redor do assunto principal, sejam os noivos ou aniversariante.

1 lente IMG_9826

Foto: Alex Teixeira / Lente 18-55mm

Nikon anuncia lançamento da D3200



Nikon anuncia lançamento da D3200

A Nikon anunciou nessa quinta-feira (19), através do seu site oficial, o lançamento da D3200 – sucessora da D3100 – e comprovou que vários dos boatos que a antecediam, estavam corretos:

  • 24.2 Mp, ISO 200 a 6400, extensível à 12800;
  • Exposição de 30 s a 1/4000 s;
  • Sem motor de foco, exigindo que a lente tenha o seu motor (lentes AF-S);
  • 11 pontos de foco;
  • Filmagem em até 1920×1080 a 30p, 25p e 24p;
  • Bateria EN-EL14, a mesma usada na D3100 e D5100, e as Coolpix P7000 e 7100;
Para maiores informações, acesse a página de apresentação da Nikon, que também contem o PDF com as especificações completas do equipamento.
Aproveitando a oportunidade, a Nikon lançou também a lente 28mm F1.8 G e o sistema Wi-Fi de controle remoto WU-1a, para a D3200, que também já eram antecedidos pelo blog Nikon Rumors. O WU-1a só funciona nos dispositivos que rodam Android, e exigem a instalação de um programa. Tem a promessa para breve do software para dispositivos da Apple.
Agora é aguardar as sucessoras da D7000, D5100 e D300s, e saber o destino da D90, se ela terá uma sucessora, ou será definitivamente descontinuada. A D90 é uma grande câmera, e foi um dos grandes sucessos da Nikon, mas as novas câmeras estão superando-a.

Fonte: Nikon

Canon 5D Mark III

Canon 5D Mark III

Canon lançou a terceira versão da sua bem sucedida Full Frame de “baixo” custo. E parece que ela veio para ser a nova queridinha tanto dos entusiastas quanto dos profissionais, os comentários em relação a ela são muito mais favoráveis do que as outras Full Frame recentemente lançadas tiveram.

1a

Talvez a Canon tenha dado um golpe de mestre pois ela colocou especificações acima da média mas nenhuma absurdamente acima da média. Vou explicar: Enquanto a Canon 1Dx assombra com modo contínuo de 14fps, a Nikon D4 assombra com ISO 204800 e a Nikon D800 assombra com resolução de 36MP, se tornando opções caras que irão cada uma agradar a um nicho diferente de usuários, a nova 5D parece ser a Full Frame mais equilibrada em termos de especificações mas sem deixar de ser espetacular, irá certamente agradar a todo tipo de usuário. Leia as principais especificações dela aqui.

2a

Junto a ela, a Canon lançou cinco novos acessórios como um novo flash, o 600EX-RT de número guia 60; um novo transmissor de flash sem fio, o ST-E3-RT; um transmissor de arquivos usando rede sem fio e compatível com dispositivos GPS por bluetooth, o WFT-E7A; um novo grip, o BG-E11; e um novo receptor GPS, o GP-E2.

Nikon D800 com 36.3 megapixels

 

Nikon D800 com 36.3 megapixels

 

A nova Nikon D800 supera todas as expectativas com seus 36.3 megapixels que garantem máxima fidelidade e resolução insuperável.

A Nikon apresenta seu tão aguardado lançamento, a HD-SLR D800, que oferece resolução nunca vista antes, qualidade de imagem impressionante e valiosos recursos de vídeo, otimizados para still profissional, fotógrafos multimídia e videomakers.

Nikon D800 (foto: divulgação)

Nikon D800 (foto: divulgação)

Com incomparável equilíbrio entre precisão e funcionalidade, a Nikon D800 traz inovações como o sensor CMOS de 36.3 megapixels e formato FX, sensor RGB de 91.000 pixels, avançado sistema de Reconhecimento de Cena e muitos outros novos recursos.

Excepcional Qualidade de Imagem

O novo sensor CMOS de 36.3 megapixels (7360 x 4912 de resolução) e formato FX (35.9 x 24mm) é o maior em termos de resolução até hoje desenvolvido pela Nikon, e vem atender a inúmeros pedidos de nikonzeiros ao redor do mundo. É ideal para situações em que não é possível comprometer a fidelização, como casamentos, fotografias em estúdio e registro de paisagens. Uma resolução dessa magnitude proporciona ao fotógrafo a habilidade de retratar até os menores detalhes com incrível nitidez. Cada aspecto do sensor deste modelo foi pensado para garantir imagens claras em situações com pouca luz, por isso conta com recursos aprimorados como OLPF e um conversor de 14 bit A/D para minimizar o ruído em todo o quadro.

A D800 faz jus à fama da Nikon de ser soberana na capacidade de captura em baixa luminosidade graças à faixa de ISO padrão de 100 a 6.400, expansíveis a 50 (Lo-1) e 25.600 (Hi-2), que ajuda a criar gradação de cores surpreendentes ao capturar arquivos JPEG ou RAW.

Todos esses dados de imagem são direcionados para um canal de 16 bits para o máximo de performance. Os fotógrafos também podem tirar proveito das lentes em formato FX para mais opções de lentes e aumento da faixa focal (1.5X), enquanto ainda mantém a nitidez e os detalhes na alta resolução de 15.3 megapixels (4800×3200).

A D800 conta com o avançado sistema de Reconhecimento de Cena com a sua matriz de cores 3D (Color Matrix Meter III), que proporciona medição precisa nas condições de luminosidade mais desafiadoras. No coração desse sistema está o inovador sensor RGB que analisa meticulosamente cada cena, reconhece fatores como luz e brilho e depois compara todos os dados usando o exclusivo banco de dados da Nikon de 30.000 imagens. Esse novo sensor ainda tem a habilidade de detectar rostos com alta precisão mesmo quando fotografando pelo visor ótico. O Color Matrix Meter também prioriza os rostos detectados, permitindo a exposição correta mesmo quando o sujeito está com iluminação de fundo.

Nikon D800 (foto: divulgação)

Nikon D800 (foto: divulgação)

Novidade também é o exclusivo mecanismo de processamento de imagem EXPEED 3 da Nikon, que comanda todo o sistema e é o catalisador por trás da rapidez de resposta da câmera, do auto foco e da performance. O novo processador de imagem da Nikon é capaz de processar quantidades imensas de dados, com cores ideais e tonalidade perfeita. O EXPEED 3 ainda contribui para a eficiência energética, permitindo ao usuário utilizar a câmera por mais tempo.

Destaque para o novo e aprimorado sistema de balanço de branco deste modelo, que reconhece com mais precisão tanto as fontes de luz naturais quanto as artificiais, e dá ao usuário a opção de reter o calor da iluminação ambiente.

Os usuários também podem capturar um alcance dinâmico ainda maior com a função HDR e aproveitar os benefícios do D-Lighting Ativo para obter exposições equilibradas mesmo em cenas com iluminação de fundo. Além disso, a câmera oferece um botão dedicado para acesso rápido aos Picture Controls da Nikon para ajustar os parâmetros de foto e vídeo em tempo real, tais como cor, nitidez e saturação.

Verdadeira Experiência de Cinema

A Nikon D800 tem um formato compacto e leve que é ideal para o ambiente de produção. Seus recursos práticos e funcionais são bem aproveitáveis tanto por cineastas em campo quanto no estúdio ou por documentaristas. Cineastas têm a opção de várias resoluções e faixas de enquadramento, incluindo Full HD 1080 a 30/24p e HD 720 a 60p. Ao utilizar o método de compressão de dado B-Frame, o usuário pode gravar vídeos no formato H.264 / MPEG-4 AVC por até 29:59 minutos por clipe. O sensor CMOS otimizado lê dados de imagem em taxas incrivelmente rápidas para resultados praticamente instantâneos.

A D800 também permite a videomakers manter a resolução em alta definição (1080p) independente do modo de cena escolhido. Usuários também conseguem facilmente compor e checar foco HD crítico pelo monitor LCD de 3.2” e 921 mil pixels com tela reforçada, controle automático de brilho e amplo anglo de visão.

Para profissionais, é importante dispor de uma câmera que possua gravadores digitais e monitores externos. Com a D800 é possível transmitir um sinal em alta definição descompactado diretamente para fora da câmera por uma saída HDMI (8 bit, 4:2:2). Esse sinal pode ser transmitido para um display, dispositivo de gravação digital ou encaminhados através de um monitor, eliminando a necessidade de várias conexões. A imagem também pode ser vista simultaneamente na tela LCD e em um monitor externo enquanto se exclui na tela os dados do estado da câmara para fins de fluxo de mídia.

Nikon D800 (foto: divulgação)

Nikon D800 (foto: divulgação)

A D800 também inclui recursos para aprimorar a qualidade do áudio, como uma saída específica para fone de ouvido utilizado para o monitoramento dos níveis de áudio durante a gravação, que podem ser ajustados em até 30 etapas. Já o microfone embutido pode ser ajustado com até 20 etapas de sensibilidade para a reprodução fiel de som.

Velocidade de disparo e performance com precisão surpreendente

O sistema de autofoco Advanced Multi-Cam 3500 AF é a geração seguinte do comprovado sistema AF de 51 pontos da Nikon. O sistema totalmente personalizável oferece aos usuários a capacidade de capturar assuntos em rápida movimentação e rastrear o foco com precisão, ou selecionar um único ponto de AF com precisão absoluta no detalhe. O sistema de foco utiliza 15 sensores de AF do tipo cruzados para maior precisão e o sistema também enfatiza rostos humanos mesmo quando o visor ótico é utilizado. A D800 também utiliza 9 sensores cruzados totalmente funcionais quando utilizados com lentes NIKKOR compatíveis e teleconversores com abertura f/8 ou menor.

Para versatilidade máxima em situações diversas, os usuários também podem selecionar diversos modos de AF, incluindo normal, área ampliada e rastreamento de rostos e de objeto/pessoas, até mesmo pelo visor ótico.

Pronta para disparar em menos de 0.012 segundo, a Nikon D800 pode capturar arquivos em modo FX e resolução total a até 4 qps, ou até 6 qps com modo DX com o pacote de bateria opcional MB-D12 e bateria compatível. Para melhorar ainda mais a velocidade da câmera e de fluxo de trabalho global, o D800 utiliza o novo USB padrão 3,0 para rápida transferência.

Formato e operabilidade

A estrutura da Nikon D800 foi projetada em liga de magnésio para proporcionar durabilidade e confiabilidade máximas. O corpo da câmera é vedado e fechado com juntas para resistir à poeira, umidade e também à interferência eletromagnética. É possível fazer a composição da foto facilmente através do visor ótico claro, que oferece 100% de cobertura da cena.

O obturador foi testado para resistir 200.000 ciclos, garantindo durabilidade máxima, enquanto a limpeza do sensor é feita pela vibração do OLPF. A unidade de autodiagnóstico do obturador também inclui um balanceador de espelho para minimizar o impacto residual do “rebatimento”, melhorar o AF e ampliar o tempo de visualização. Além disso, o visor é revestido com um novo acabamento de proteção térmico que serve para resistir ao superaquecimento durante o uso prolongado. Para armazenamento, a D800 possui compartimento de cartão duplo para cartões CF e SD, que oferece ao usuário a possibilidade de gravação de backup, quando um cartão estiver cheio, gravação de RAW/JPEG, separadamente, e a opção adicional de gravação de fotografias estáticas para um cartão e vídeo para outro. Para gravação e transferências em alta velocidade, os dados podem ser gravados no recente UDMA-7 e nos cartões SDXC/UHS-1.

A D800 também possui flash embutido, além de ser compatível com o aclamado Sistema de Iluminação Criativa da Nikon, incluindo o Modo de Comando embutido para o controle de Speedlights sem fio.

 

A Nikon D4 – Concebida para expandir os limites

A Nikon D4 – Concebida para expandir os limites

Nikon D4, o seu novo modelo principal D-SLR para fotógrafos que precisam do mais recente em termos de fotografia.

Concebida para deitar por terra os limites e concretizar todas as oportunidades de disparo, esta câmara de formato FX profissional traz consigo novos níveis de qualidade de imagem, velocidade e precisão tanto em termos de fotografia como de vídeo.

Equipada com um sensor de formato FX de 16,2 megapixéis, ISO fenomenalmente elevada e o poderoso motor de processamento de imagem EXPEED 3 da Nikon, esta oferece um desempenho sem compromissos e uma versatilidade sem rival em condições ambientais e de iluminação extremas.

Com a Nikon D4, lançámos o que de mais recente se faz em fotografia,” afirma Dirk Jasper, Gestor de Produtos de Professional Products, Nikon Europe. “Se for um fotógrafo no topo da carreira, então necessita de uma câmara que nunca o deixe ficar mal – e essa câmara é a Nikon D4. A Nikon D4 foi concebida para expandir limites, assim como os fotógrafos que a vierem a utilizar o fazem ao expandir os limites diariamente no seu trabalho.

Nikon D41 A Nikon D4   Concebida para expandir os limites

Qualidade de imagem sem compromissos – Velocidade excecional

Concebida para fornecer uma integridade de imagem fantástica nas condições de iluminação mais diversificadas, a D4 oferece um desempenho fps espantosamente rápido e estabelece um novo padrão em desempenho de baixo ruído. O sensor CMOS de formato FX (em ecrã completo) de 16,2 megapixéis com leitura de canal rápida proporciona até 11 fps – mais rápido que qualquer outra câmara Nikon.

Imagens de qualidade espantosa com baixo ruído e ampla gama dinâmica podem ser conseguidas mesmo com sensibilidades ISO elevadas graças ao desenho de redução de ruído otimizado e ao processamento de sinal A/D de 14 bits integrado no sensor. A gama ISO fenomenal estabelece um novo padrão de ISO12800 e aumenta a gama mais um EV para fazer de ISO 100 a norma. Para condições de maiores desafios, sensibilidades equivalentes ISO 50 e ISO 204,800 tornam a D4 na câmara de eleição para fotógrafos que geralmente enfrentam desafios de iluminação extremos.

Motor de processamento de imagem EXPEED 3 super ampliado

Graças ao motor de processamento de imagem EXPEED 3 de próxima geração da Nikon, a D4 realiza facilmente tarefas exigentes em termos de dados sem sacrificar a velocidade e a qualidade a que os profissionais estão acostumados. O processamento de imagem de 16 bits de velocidade elevada segue a conversão A/D de 14 bits para proporcionar imagens JPG prontas para envio diretamente a partir da câmara. O desempenho nunca é comprometido, mesmo ao realizar as tarefas mais intensas em termos de dados. As imagens apresentam uma cor fiel e bem saturada e uma profundidade natural. Mesmo ao fotografar com iluminação reduzida com sensibilidades ISO elevadas, a redução de ruído de desempenho comprovado e inteligente da câmara reduz o ruído sem degradar a nitidez da imagem.

Nikon D4 Back 450x429 A Nikon D4   Concebida para expandir os limites

Vídeo de qualidade de difusão

Para profissionais cujo fluxo de trabalho exige vídeo, a D4 oferece toda a flexibilidade necessária para uma ampla variedade de aplicações de filmagem. Trata-se de filmagem em formato grande no seu melhor, com uma variedade abrangente de fotogramas por segundo.

Fotogramas por segundo: Vídeos Full HD (1080p) podem ser gravados em opções de 30p, 25p e 24p, com opções de 60p, 50p, 30p e 25p disponíveis a 720p. Os clipes de vídeo podem ter até cerca de 30 minutos de duração (cerca de 29:59 min.).

Modo de área múltipla: Gravação Full HD (1080p) possível em formatos baseados em FX e DX bem como em recorte Full HD original (1920×1080).

Controlo de áudio de alta fidelidade: respondendo às reações do setor, a D4 introduz novas possibilidade para a gravação de áudio D-SLR, permitindo que os seus vídeos soem tão bem como o seu aspeto. Para além da entrada para microfone estéreo externo, uma saída de áudio para auscultadores externos permite-lhe a sintonização fina do áudio em isolamento.

Saída HDMI não comprimida: para aqueles que necessitam da mais pura saída de vídeo para edição de qualidade profissional, a D4 oferece a possibilidade de saída de visualização em direto não comprimida para gravadores e monitores externos. A primeira vez que tal é possível numa câmara SLR; os dados são fornecidos a 1080i (Full HD) com o tamanho de imagem e velocidade de disparo designados. A saída de dados pode ser reduzida para uma qualidade inferior caso seja necessário e isenta da sobreposição de informação que pode ser visualizada simultaneamente no monitor TFT da câmara.

Controlos personalizados convenientes:
a operação de visualização em direto é melhorada graças a controlos personalizados convenientes. Em vez de rodar o disco de controlo, a abertura motorizada permite um controlo da abertura mais suave através de botões designados na parte frontal da câmara. A marcação de índice permite marcar imagens importantes no espaço temporal durante a gravação de vídeo, o que torna fácil a localização durante a edição.

Novos níveis de velocidade e precisão

No que diz respeito a acertar nos momentos decisivos, a operação automática melhorada da D4 oferece aos fotógrafos uma nítida vantagem.

Reconhecimento de cenas avançado com sensor RGB de 91.000 pixéis. O sistema avançado de reconhecimento de cenas revolucionário da Nikon incorpora agora um sensor RGB de 91.000 pixéis de conceção nova que analisa meticulosamente cada cena para uma precisão espantosa.

O seguimento de temas em 3D foi particularmente melhorado durante o disparo e seguimento de temas mais pequenos. Os rostos humanos são detetados com uma exatidão espantosa até quando trabalhar apenas com o visor ótico. Este nível de análise de cenas pormenorizado também é utilizado para suportar uma focagem e uma exposição automática mais exata, mesmo nas mais difíceis condições de iluminação.

Módulo de sensor AF Multi-CAM3500FX avançado:
O sistema AF Multi-CAM 3500FX AF altamente aclamado da Nikon – com definições de cobertura de 9 pontos, 21 pontos e 51 pontos configuráveis ou individualmente selecionáveis – foi reconcebido para uma deteção de temas mais rápida.

O módulo e os algoritmos do sensor de focagem automática melhoram as capacidades de sensibilidade de aquisição de luz reduzida até -2 EV (ISO 100, 20 °C/68 °F). Todos os 51 sensores AF, dos quais 15 são sensores de tipo cruzado, respondem plenamente com qualquer objetiva NIKKOR AF de f/5.6 e, pela primeira vez, este desempenho espetacular não termina nas aberturas f/5.6.

Sensores AF poderosos compatíveis até f/8:
a D4 mantém o poder dos 11 sensores AF, mesmo que o valor da abertura aberta combinado seja f/8. Uma grande vantagem para fotografar eventos desportivos e vida selvagem, esta proporciona um novo nível de potencial de deteção ao combinar, por exemplo, uma objetiva NIKKOR AF de f/4 de 600 mm com um teleconversor NIKKOR 2.0x. Se o valor da abertura combinada estiver entre f/5.6 e f/8, tem ainda disponível o poder de quinze sensores AF centrais, dos quais nove são de tipo cruzado.

Nikon D4 Top 450x372 A Nikon D4   Concebida para expandir os limites

Velocidade de fluxo de trabalho total mais rápida

A velocidade da D4 difunde-se pelo seu fluxo de trabalho completo.

Obturador composto por fibra de carbono/Kevlar desenvolvido recentemente: o novo e altamente resistente obturador oferece um valor de ciclos standard de 400.000 disparos, com uma velocidade de obturador máxima de 1/8000 a 30s e uma sincronização do flash de até 1/250 segundos. Um monitor do obturador de diagnóstico automático inteligente e uma unidade de acionamento para reduzir a exigência de alimentação quando o obturador está levantado por períodos prolongados durante filmagens.

Resposta rápida: o arranque demora cerca de 0,12 segundos, o intervalo do tempo de libertação é minimizado até cerca de 0,042 segundos (equivalente à da D3S), com uma capacidade de cerca de 11 fps no formato FX e em todos os modos de recorte.

Suportes de armazenamento: a D4 oferece duas ranhuras para cartões. Uma para cartões CF (UDMA 7) de velocidade rápida e uma para cartões XQD de elevada capacidade e velocidade.

Conetividade:
um sistema de controlo e comunicação de dados poderoso torna as transferências de ficheiros em LAN com fios e sem fios mais rápidas e mais fáceis que nunca. Suporte de LAN sem fios disponível através do transmissor sem fios WT-5 de conceção recente, o qual inclui modos de ligação HTTP e FTP e permite também o disparo simultâneo de várias câmaras equipadas com WT-5. Pela primeira vez, uma ligação LAN com fios é integrada no corpo da câmara.

Sempre à altura da tarefa

Cada milésimo de segundo pode contar, e a operação melhorada da D4 ajuda os fotógrafos a responder rapidamente a situações em constante evolução.

Controlo horizontal e vertical intuitivo: cada orientação tem controlos com uma disposição idêntica, colocados de forma conveniente de modo a que a câmara possa rapidamente tornar-se uma extensão da sua mão, quer esteja a fotografar com orientação horizontal ou vertical.

AF simplificada e seleção de modo de área de AF: agora possível sem retirar os olhos do visor.

Precisão de 8 cm (3,2 pol.), monitor LCD com ângulo de visualização amplo com cerca de 921.000 pontoscom controlo automático de brilho do monitor. O monitor produz uma reprodução de imagem nítida e brilhante com uma capacidade de reprodução das cores muito mais ampla. O brilho do LCD é ajustado automaticamente de acordo com o ambiente de visualização e as imagens podem ser ampliadas até 46x durante a reprodução, o que pode ser uma grande ajuda para confirmação de focagem localizada.

Visor ótico de prisma de vidro: oferece uma cobertura de enquadramento de aproximadamente 100% e ampliação de 0,7x (objetiva de 50 mm f/1.4 em infinito, -1,0 m-1). A conceção do ponto de visão do olho elevado dos visores da Nikon é famosa por minimizar a fadiga visual ao utilizar a câmara durante longos períodos de tempo.

Horizonte virtual eletrónico de eixo duplo: oferece confirmação exata de nível de disparo ao permitir que verifique o monitor LCD, ou o visor, relativamente à posição da câmara em relação ao plano horizontal e à sua oscilação (rotação para a frente ou para trás).

Acesso direto aos controlos de imagem: através de um botão dedicado novo, em vez de através do menu. Os controlos de imagem permitem-lhe personalizar o visual das suas imagens fixas e vídeos através de parâmetros de sintonização fina como, por exemplo, nitidez, saturação e matiz.

1 Com base nas normas CIPA
2 Quando utilizado em conjunto com baterias diferentes da EN-EL15

Controlo total sobre o fluxo de trabalho

A D4 foi concebida para velocidade, mas não só para velocidade. A versatilidade e prontidão vão de mãos dadas com opções de controlo que conseguem proporcionar uma verdadeira vantagem quando o tempo é um imperativo.

Filmagem a intervalos: a D4 alarga a função de fotografia a intervalos popular através do armazenamento de imagens como um ficheiro de vídeo na câmara. Com velocidades de reprodução de 24 a 36.000 vezes mais rápidas que o normal.

HDR (gama dinâmica elevada):
capta uma imagem em exposição excessiva e uma imagem em exposição insuficiente num único disparo do obturador. O intervalo pode ser ampliado em até 3 EV para visuais diferentes, plenos de saturação e gradação tonal. A suavidade das extremidades onde as duas exposições se encontram pode ser ajustada para um visual mais natural.

Controlo de temperatura de cor refinado: permite o controlo exato sobre o equilíbrio de brancos. O matiz do monitor de visualização direta e o equilíbrio de brancos da imagem resultante pode ser ajustado de modo a que os dois estejam alinhados. A temperatura de cor pode ser definida manualmente em intervalos de 10 Kelvin ou em unidades mired.

Quatro opções de área de imagem:
pode escolher entre uma variedade de modos de recorte de imagem, todos eles visualmente ocultos no visor. 5:4 (30,0 x 24,0 mm), 1.2x (30,0 x 19,9 mm) e formato DX (23,4 x 15,6 mm).

Edição na câmara:
as imagens e os filmes captados podem ser alterados e editados na câmara e de forma imediata se assim pretendido. Os menus de retoque incluem um conjunto de funcionalidades úteis como, por exemplo, processamento RAW, redimensionamento, controlo de distorção e perspetiva para referir apenas alguns. Assim como a capacidade de designar o ponto de início e de fim de todos os clipes de vídeo de uma só vez, para os poder guardar de forma mais eficiente.

Acessórios

Transmissor sem fios W-T5 compacto (opcional): liga-se ao conetor da interface designado da câmara e é alimentado através do corpo da câmara. Inclui modos de ligação HTTP e FTP e permite o disparo simultâneo de várias câmaras equipadas com WT-5.

Unidade GPS GP-1 (opcional): grava informação de localização como, por exemplo latitude, longitude, altitude e hora (UTC) sob a forma de etiquetas de “georeferência” nos dados da imagem (Exif) e permite operação simultânea em conjunto com o WT-5.

Microfone estéreo compacto ME-1 (opcional):
grava som nítido ao mesmo tempo que reduz significativamente o ruído mecânico.

Nikon SB-910 (opcional) – desempenho de iluminação sem igual: oferece i-TTL versátil para controlo de flash sem fios ou na câmara, operação refinada e um número guia poderoso de 34/112 (ISO 100, m/ft, STD, formato FX, zoom de 35 mm). Os menus e controlos foram melhorados para uma maior facilidade operacional. Estão incluídos filtros de cor fluorescente e incandescente de tipo rígido, os quais podem ajustar o equilíbrio de brancos da sua D4 de forma imediata.

Capture NX 2 (opcional) – Processamento de imagem rápido, poderoso e criativo:
para possibilitar o poder de imagem da D4, o Capture NX 2 está mais rápido do que antes e compatível com a versão integral de 64 bits.

Camera Control Pro 2 (opcional) – Controlos de câmara remotos versáteis: para além de controlar o modo de exposição, velocidade do obturador e a abertura, o software disponibiliza agora inúmeras melhorias para tornar a operação de visualização em direto da D4 excecionalmente suave. Os novos controlos criativos incluem o início e fim remoto para realização de filmagem e comutação entre visualização em direto para imagens fixas e vídeos.

ViewNX 2 (incluído) – Procure, edite
, partilhe e muito mais: conjunto de software “tudo em um” que implementa uma interface fácil de utilizar e um conjunto de funções de edição, incluindo edição básica de ficheiros RAW e de D-Movies. Integra de forma dinâmica o my Picturetown, o serviço de partilha e armazenamento de fotografias da Nikon.

Artigo escrito por Diogo Guerreiro

Alguns lançamentos na CES (International Consumer Electronics) 2012

Panasonic apresenta Lumix TS3 durante a PhotoImage

 

Lumix TS3 / Divulgação

A Panasonic apresentou durante a PhotoImage, evento voltado para equipamentos de foto e video, realizado nessa semana em São Paulo, uma série completa de lançamentos da linha Lumix.
Os modelos vão desde dispositivos mais simples, destinados a usuários que querem apenas registrar momentos importantes, sem se preocupações com configurações avançadas, até aparelhos mais avançados, resistentes a choques e com lentes e filtros especiais.
O destaque ficou para o modelo Lumix TS3, que é resistente a quedas, água, congelamento e poeira, graças a um revestimento de borracha e resinas reforçadas de vidro e carbono no interior da câmera. Ela conta ainda com bússola, barômetro, indicador de profundidade, altímetro e GPS embutido. A resolução das fotos é de 12,1 megapixels. O modelo ainda filma em HD e possui modo de fotografia em 3D.

Sony apresenta Sony W610

Sony W610

As grandes empresas do ramo da fotografia continuam lançando novos produtos na CES 2012 que entra hoje em seu último dia. A Sony, por enquanto, trouxe apenas uma continuação das compactas da série W. Da W610 a W670 nenhuma grande novidade mas continuará sendo a queridinha de quem curte a nova onda do momento que são as panorâmicas com um só clique.

Canon ELPH520

Canon ELPH520

A Canon lançou duas novas compactas além da alardeadíssima G1 X, trata-se das ELPH110 e ELPH520. A primeira vem com resolução de 16MP em um sensor CMOS (parece que a Canon está abandonando de vez o CCD) e 5x de zoom entre 24-120mm f/2.7-5.9 com macro de 3cm. A segunda vem com uma maquiagem grosseira: Resolução máxima de 10MP mas o sensor é o mesmo de 16MP, ou seja, não há redução de ruído. Sua lente com 12x de zoom entre 28-336mm f/3.4-5.6 e macro de 1cm não fazem da ELPH520 uma boa escolha.

Samsung W850F

Samsung W850F

Kodak M750

Kodak e Samsung apostam em câmeras com conexão Wi-Fi. A Kodak trouxe a M750 com 16MP, 5x de zoom entre 26-130mm e tela sensível a toque. A Samsung trouxe 4 novos modelos: WB850F com CMOS 16MP, 21x entre 23-483mm f/2.8-5.9; WB150F com CCD 14MP, 18x entre 24-432mm f/3.2-5.8, ambas com controles manuais; ST200F com CCD 16MP, 10x entre 27-270mm f/3.1-5.6; e DV300F com CCD16MP, 5x de zoom entre 25-125mm e LCD frontal.

Kodak M750